Petrobras . Agência Petrobras

Petrobras apoia restauração florestal e monitoramento da qualidade da água em municípios do Rio

Publicado em: 25/04/2018 12:21:45

FOTO ANDRÉ MOTTA / AGÊNCIA PETROBRAS

Mais de 100 hectares de Mata Atlântica já foram recuperados. Projetos podem se inscrever para recém-aberta seleção pública de projetos socioambientais

Com a abertura das inscrições para seleção pública do Programa Petrobras Socioambiental, projetos de diversos estados, incluindo o Rio de Janeiro, terão a chance de participar. Um exemplo de sucesso é o Guapiaçu Grande Vida, que, com o patrocínio da Petrobras desde 2013, já conseguiu fazer o plantio, em 100 hectares (o equivalente a 100 campos de futebol), de 180 mil mudas de 200 espécies nativas na área de Mata Atlântica que passa por Cachoeiras de Macacu. Desde 2017, mais 60 hectares de áreas degradadas de encosta e beira de rio estão sendo restaurados, utilizando mais 120 mil mudas produzidas no próprio viveiro da REGUA (ONG Reserva Ecológica de Guapiaçu).

"O objetivo é fortalecer o ecossistema da bacia Guapi-Macacu. Por meio de ações de restauração florestal e monitoramento da qualidade da água, pretendemos demonstrar a relação entre a restauração florestal e o serviço de provisão de água de qualidade na bacia hidrográfica", explica Gabriela Moreira, coordenadora do projeto.

Entre outros resultados obtidos, estão as atividades de educação ambiental, mobilização social, capacitações e seminários promovidos com o intuito de chamar a atenção para a causa ambiental e reduzir impactos de degradação na região. Foram envolvidos 6.846 estudantes, 1.252 professores, 713 lideranças comunitárias e 476 gestores ambientais.

O projeto recebeu ainda uma certificação de carbono que tem como objetivo garantir o selo de qualidade ambiental para o desenvolvimento das áreas recuperadas de acordo com os critérios da Aliança Clima, Comunidade e Biodiversidade (CCBA), sendo a primeira iniciativa de carbono florestal com esta certificação no estado do Rio de Janeiro.

Capacitação permite o monitoramento de recursos hídricos; pesquisa será concluída em 2019

Outra estratégia de educação ambiental do Guapiaçu Grande Vida tem sido a capacitação de 40 jovens moradores de Cachoeiras de Macacu para a realização do monitoramento de recursos hídricos da bacia Guapi-Macacu. O grupo de monitores já iniciou a análise das amostras de água que, ao final, serão 288 amostras em 12 pontos de três rios da região. Os resultados estão sendo compilados num banco de dados e organizados de forma a elaborar uma publicação, prevista para ser concluída em 2019. As coletas estão sendo feitas mensalmente, em pontos previamente definidos e marcados com GPS. Fazem parte das análises dados como nível de pH, coliformes, nitrato, amônia e temperatura.

As inscrições de projetos sociais e ambientais na Seleção Pública 2018 do Programa Petrobras Socioambiental vão até 4 de maio

O orçamento total para a edição 2018 da Seleção Pública do Programa Petrobras Socioambiental, de até R$ 180 milhões, será destinado à implantação de projetos sociais e ambientais de todas as regiões do país, com valores que, individualmente, estejam orçados entre R$ 500 mil e R$ 6 milhões.

“O programa contribui para a conservação ambiental e para melhoria das condições de vida das comunidades onde atuamos. Suas linhas de atuação abrangem temas ambientais relevantes para a indústria de óleo e gás e temas sociais importantes para a promoção do desenvolvimento local”, ressalta a gerente executiva de Responsabilidade Social da Petrobras, Beatriz Espinosa.

As inscrições devem ser realizadas exclusivamente pelo site www.petrobras.com.br/socioambiental. Serão aceitos projetos apresentados por entidades privadas sem fins lucrativos de todo o Brasil. O resultado da seleção está previsto para ser divulgado em novembro deste ano.

×

Acesso ao Conteúdo

Exclusivo para jornalistas cadastrados.

×

Esqueci minha senha

×

Enviar notícia

Preencha o formulario abaixo para enviar a notícia:

× Crédito AGÊNCIA PETROBRAS

A Equipe Mitsubishi Petrobras, formada pelo piloto Guilherme Spinelli e pelo navegador Youssef Haddad, disputa a 21ª edição do Rally dos Sertões.

×

TESTE